Início | Estudos Multiplos | Meio Ambiente | Cultura e Arte | Administrativo | Fale Conosco
 

Artigos

APENAS LAZER OU UM IMPORTANTE CAMINHO PARA O INVESTIMENTO FINANCEIRO SOCIAL DAS EMPRESAS?
Antônio Sérgio Teles das Chagas

No momento em que toda a visão do mercado se redireciona para o campo social , por perceber que é fundamental ter-se uma comunidade sólida e bem preparada nos vários aspectos, o investimento cultural toma uma nova e infinitamente maior dimensão da que se enquadrava até então.

A vinculação de uma marca a uma expressão cultural, amplia a sua fixação junto à sociedade, pois é absolvida de maneira não comercial e sim de forma emotiva, sendo dessa maneira mais bem incorporada ao dia-a-dia da população.

A amplitude do patrocínio por parte da empresa num projeto cultural é muito maior que apenas o pagamento de cachet para os artistas, já que esse mesmo serve para a compra de produtos voltados para os espetáculos , investimentos em impressos e em mídia local, pagamento de uma enorme equipe de apoio vinculada ao espetáculo (iluminadores, sonoplastas, maquinistas, seguranças,recepcionistas, faxineiras,etc...), servindo assim de uma excelente via de formação profissional, intelectual, de ampliação do campo de trabalho e acima de tudo de cidadania.

Através de leis que incentivam estes patrocínios, é possível se obter benefícios para a empresa, benefícios estes que certamente representarão maior ganho financeiro e institucional para o investidor, a exemplo da Lei de Incentivo a Cultura Lei Rouanet sob a administração do MinC, que possibilita o abatimento de até 4% do Imposto de Renda devido pela empresa, no investimento de projetos culturais.

Atualmente grandes corporações têm investido nestes projetos, por perceberem sua importância no Terceiro Setor e por visibilizarem um potencial de retorno institucional magnífico, porém ainda existe uma grande resistência por parte do pequeno e médio empresário, por pleno desconhecimento da operacionalização desses patrocínios ou por ainda não perceberem que a sua parceria, por menor que seja, é de grande importância na viabilização do projeto, e assim na incrementação da cultura e da economia da comunidade.

Portanto, Cultura não é apenas mais uma forma de lazer, é sim um fundamental caminho para a solidificação da sociedade e da viabilização da cidadania, democraticamente aberta a todos que se sintam capacitados para dar sua contribuição para o crescimento do país.

Antônio Sérgio Teles das Chagas - Maestro e produtor cultural

Ultima Atualização: 28/12/2010

Sociedade Semear - Todos os Direitos Reservados
Rua Leonardo Leite, 148 - São José - Aracaju - Sergipe - Tel: (79) 3022-2052