Início | Estudos Multiplos | Meio Ambiente | Cultura e Arte | Administrativo | Fale Conosco
 

Artigos

OLHAR DA CURADORA -João Valdenio
Lilian França

Currículo resumido:

João Valdenio Silva ou simplesmente João Valdênio, nasceu em Teresina-PI em 1966. Graduado em Artes Plásticas pela UFMG, em gravura e escultura, além do trabalho artístico, João Valdenio se voltou para a vida acadêmica, ministrando aulas no curso de Artes Visuais da UFS e desenvolvendo projetos de extensão nos municípios de abrangência do Instituto de Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Xingó, unidade Educação. Recebeu os seguintes prêmios: Prêmio Aquisição-Coletiva Imagem e Imaginação-(Aracaju-SE), Menção Honrosa- categoria instalação - X Salão Municipal de Artes Plásticas (Teresina-PI), 2º Lugar – Obras Bidimensionais - no X Salão de Arte Contemporânea de Rondônia (Porto Velho-RO), 1º lugar – categoria Desenho – no VII Salão Municipal de Artes Plásticas (Teresina –PI). Dentre as principais exposições individuas se destacam: I Salão Ecológico (internacional de humor) de Campos (Campos de Goytacazes –RJ); II Salão Nacional da Pintura Contemporânea (São Paulo – SP), dentre as mais de cincoenta que compõem seu portfolio.



Sobre as obras:

Dono de uma produção diversificada, João Valdênio é antes de tudo um desenhista. Caricaturista, chargista detêm-se em transformar o cômico, o ditirâmbico, em expressão da crítica de uma sociedade de costumes. Seu fluxo de consciência o leva ao insano preenchimento de páginas e páginas cobertas com caneta BIC. Sua escrita-desenho é compulsiva e repleta de elementos eróticos que se escondem/descobrem em curvas, traços e riscos. Múltiplo, João Valdênio associa a técnica do desenho à da gravura e da cerâmica. Armado com as três tecnologias dá origem a peças intrigantes de acabamento perfeito e atraente. Táteis, as cerâmicas praticamente pedem para ser tocadas ao mesmo tempo em que ruborizam faces mais tímidas ou intimidadas com a profusão de elementos de ordem sexual presentes. As três peças expostas demonstram a coesão de sua obra e solidez de um estilo que, embora se redimensione em diferentes técnicas, continua fiel a sua base, só agora na busca de uma essência, de um minimalismo, de uma condensação ótima para afetar nossos sentidos.

FONTE: Catálogo Desfiando o Rosário - Ultima Atualização: 28/12/2010

Sociedade Semear - Todos os Direitos Reservados
Rua Leonardo Leite, 148 - São José - Aracaju - Sergipe - Tel: (79) 3022-2052