Início | Estudos Multiplos | Meio Ambiente | Cultura e Arte | Administrativo | Fale Conosco
 

Artigos

FLORESTABILIDADE, UM COLEÇÃO
Lígia Motta - Curadora

Florestabilidade é o tema do conjunto de trabalhos que compõem a coleção a ser apresentada na exposição individual do artista Gil Mário, na Galeria de Arte Jenner Augusto da Sociedade Semear, em Aracaju, capital de Sergipe.
Uma coleção rica em formas de folhagens e exuberantes volutas generosas, que não despreza o foco, o homem. “A arte eleva o espírito e enobrece o caráter humano”. Segundo o teólogo Divo Barsoti: “A beleza é o fim de todas as coisas. Quem organiza um espaço decorado, organiza ao mesmo tempo sua mente e coração, pois, o espaço arte nos prepara para o teatro da vida”. Esse teatro, encontrado também nas florestas, criadas por Deus e com sustentabilidade própria, inspirou o artista para desenvolver a obra. O manejo ecológico das florestas permite a preservação sem intervir nos recursos econômicos e na beleza natural.
Gil Mário não apresenta formas de protestos, e sim uma marca recorrente do tema lembrando constantemente a beleza extraída da vegetação pungente do período das chuvas no sertão nordestino. Distante da forma fotográfica, cria o inédito.
“Uma das melhores qualidades de Gil Mário é como trabalha a espacialidade pictórica, são massas cromáticas, trabalhando também as texturas, que vão harmonicamente compondo sua sinfonia. Sabe lidar com valores tonais com bastante domínio técnico, incursiona pelas figuras, no entanto, não poupa o observador da necessária investigação que permite a estética a fim de poder compreender a poética”. (Aldo Tripodi).
As volutas e o claro-escuro do barroco baiano, muitas vezes, brotam do inconsciente de maneira a valorizar as formas contemporâneas exploradas. A riqueza de supostos movimentos da folhagem recriada, insinuando bananeiras, palmeiras e caules no emaranhado da retorcida vegetação nordestina é valorizado com os tons cafés, amarronzados da nossa vegetação e solo. Aliás, amarronzados são os tons preferidos do grande pintor Vicente do Rego Monteiro, tão admirado pelo artista.
Em Florestabilidade, aprecia-se um trabalho realizado com liberdade de expressão e sem se submeter a modismos ou imposições do mercado de arte.

FONTE: Exposição e Folder da Exposição FLORESTABILIDADE - Ultima Atualização: 26/05/2014

Sociedade Semear - Todos os Direitos Reservados
Rua Leonardo Leite, 148 - São José - Aracaju - Sergipe - Tel: (79) 3022-2052